Meditação Do Dia – Pastor de ovelhas

Leitura: Jeremias 23.1-4

“Mas eu vou castigar vocês pelos maus procedimentos…” (Jr 23.2)

A Bíblia compara os filhos de Deus a ovelhas, um animal comum na Palestina.

Uma característica da ovelha é a falta de iniciativa, chegando a ser comparada à fraqueza, perdendo-se ou desviando-se facilmente. Sem pastor, a ovelha é animal impotente, a mercê de malfeitores. Incapaz de se defender daqueles que vêm para levar sua lã ou a própria vida. Neste sentido, a ovelha é símbolo de inocência, vítima dos espertalhões.

Por isso somos comparados às ovelhas e precisamos de um pastor habilitado em cuidar de ovelhas: “Senhor é o meu pastor, de nada terei falta. Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas; restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor ao seu nome” (SI 23.1-3). Jesus se apresenta como o Bom Pastor, aquele que dá sua vida pelas ovelhas (Jo 10). Por isso, precisamos dele como aquele que nos guarda. Por outro lado, precisamos fazer parte de Seu rebanho.

O profeta Jeremias trouxe dura palavra sobre os maus pastores, “que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto” (23.1). Como é possível pastores não se interessarem pela vida e segurança das ovelhas? Isto ocorre quando têm outros interesses além do cuidar das ovelhas. Não servem as ovelhas, mas se servem delas. Jeremias diz que o Senhor trará juízo sobre estes pastores que maltrataram as ovelhas do Senhor (23.2).

Há pastores que agem como donos das ovelhas, mas se esquecem que elas pertencem ao Senhor. Jesus é o modelo de pastor. Sabe como cuidar de cada ovelha, chama pelo nome, dá descanso, abrigo e as alimenta. Quem pertence a Ele, reconhece Sua voz.

Jesus, o bom pastor deu Sua vida pelas ovelhas (Jo 10.11).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *