Meditação Do Dia – Privilégios!

Leitura: Isaías 45.9-13

“Fui Eu que fiz a terra e nela criei a humanidade” (Is 45.12).

Quando pensamos sobre o universo, constatamos dados surpreendentes. Por exemplo, Júpiter sofre forte tempestade ácida há 450 anos. Marte, tão próximo da Terra, ainda é uma montanha de dúvidas para os cientistas. Por que será que Deus, quando criou o universo, deu à Terra uma natureza tão extraordinária e colocou o ser humano nela? Além disso, Deus deu a nós a capacidade de dominar a Terra e o dom de fazê-la produzir. Nem por isto, Deus se afastou da criação. Dia após dia, interessa-se por ela.

Considerando o ser humano, ele é tão importante, que Deus o criou conforme Sua imagem e semelhança, propondo repartir amor e comunhão com ele. Assim, deu ao homem a capacidade de pensar, avaliar, criar, produzir, entender, responder e, com liberdade, atender aos desejos divinos. Enfim, Deus criou o ser humano para viver com Ele!

Embora o pecado tenha separado o ser humano do seu Criador, o propósito original de Deus não foi alterado. Ainda há no Criador, a mesma vontade de manter comunhão, intimidade, de se relacionar com o ser humano de uma maneira particular.

O foco da atenção de Deus não é o universo. As leis que Ele estabeleceu, o faz funcionar perfeitamente. Mas, quanto ao ser humano, Deus enviou o próprio filho, Jesus Cristo: “Deus foi manifestado na carne, justificado no Espírito, visto pelos anjos, pregado entre as nações, crido no mundo, recebido na glória” (1 Tm 3.16). Ele agiu pessoalmente, tornou-se semelhante a nós, e fez ouvir a Sua voz. Ainda hoje, chama cada pessoa, para que, através do seu perdão, a comunhão interrompida seja restabelecida.

Temos muitas perguntas sobre o universo, mas nenhuma dúvida sobre o amor de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *